O que é automação de rede?

O que é automação de rede?

A automação de rede é o processo de automatizar o planejamento, a implantação, as operações e a otimização de redes e seus serviços. Em um nível básico, as soluções de automação de rede fazem a transição das tarefas e processos manuais executados em cada fase do ciclo de vida da rede para aplicativos de software capazes de completá-los de forma repetitiva e confiável.

Que problemas a automação de rede resolve?

Com a introdução da inteligência artificial (IA) e do aprendizado de máquina (ML), as soluções avançadas de automação de rede analisam meta-dados e aproveitam a programabilidade de redes orientadas por modelo para aprender sobre seus comportamentos, entregar análises preditivas e fornecer recomendações às suas equipes de operações. Essas soluções de automação avançadas podem ser configuradas para tomar ações corretivas de maneira autônoma, fornecendo uma correção em loop fechado de problemas de rede, por vezes, mesmo antes que eles ocorram. Fazendo isso, a automação de rede melhora a eficiência operacional, reduz a possibilidade de erro humano, aumenta a disponibilidade de serviço de rede e fornece uma melhor experiência para o cliente.

Hoje em dia, as soluções de automação de rede podem realizar uma ampla variedade de tarefas, que incluem:

  • Planejamento e projeto de rede, incluindo o planejamento de cenários e o gerenciamento de inventário
  • Teste de dispositivos e verificação de configuração
  • Fornecimento de serviços e dispositivos físicos implantados e a implantação e o provisionamento de dispositivos virtuais
  • Coleta de dados de rede relativos a dispositivos, sistemas, software, topologia de rede, tráfego e serviços em tempo real
  • Análise de dados, incluindo a análise preditiva de IA e ML, que oferece insights sobre o comportamento atual e futuro da rede
  • Conformidade de configuração, que garante que todos os dispositivos e serviços de rede estejam sendo executados conforme pretendido
  • Atualização de software, incluindo a reversão de software, se necessário
  • Correção em loop fechado de problemas de rede, incluindo a solução de problemas e a reparação de "gray failures"
  • Fornecimento de insights sobre relatórios, painéis, alertas e alarmes
  • Implementação de conformidade de segurança
  • Monitoramento da rede e de seus serviços para garantir o alinhamento com SLAs e garantias de satisfação do cliente

Benefícios da automação de rede

Conforme a transição para a nuvem continua, os clientes empresariais e seus aplicativos serão cada vez mais dependentes da rede para o sucesso. Devido a essa transição, espera-se que as redes sejam altamente confiáveis com o mínimo de interrupções. Para provedores de serviços, a automação é uma estratégia fundamental para aumentar a agilidade e a confiabilidade da rede, ao mesmo tempo em que controla as despesas operacionais (OpEx) e as despesas de capital (CapEx).

Ao automatizar suas redes e serviços, as organizações se beneficiam do seguinte:

  • Redução no número de problemas — Ao usar fluxos de trabalho com pouco código e alimentados por manuais, e com a eficiência de operações baseadas em intenção de loop fechado, problemas comuns de rede são resolvidos espontaneamente. A possibilidade de erros relacionados ao processo manual, como erros de configuração, erros de digitação, entre outros, são reduzidos.
  • Custos menores — Como a automação reduz as complexidades de sua infraestrutura subjacente, muito menos horas por pessoa são necessárias para a configuração, o provisionamento e o gerenciamento de serviços e da rede. Ao simplificar as operações, consolidar serviços de rede, reduzir a área ocupada e desligar os dispositivos subutilizados, você precisa de menos funcionários para a solução de problemas e reparação, economizando assim energia.
  • Aumento da resiliência de rede — Ao remover a necessidade de uma interrupção manual em caso de um evento, as empresas podem oferecer e entregar um nível mais alto de serviços com mais consistência entre filiais e regiões.
  • Redução no tempo de inatividade de rede — Ao remover a possibilidade de ocorrência de erros humanos, as empresas podem oferecer e entregar um nível mais alto de serviços com mais consistência entre filiais e regiões. Por exemplo, o Service Now da Juniper Networks é um cliente remoto de solução de problemas automatizado que permite que a Juniper detecte rapidamente e proativamente qualquer problema na rede de um cliente antes que eles tomem conhecimento dele.
  • Aumento da força de trabalho estratégica — Ao automatizar tarefas repetitivas sujeitas a erro humano, as empresas aumentam a produtividade, o que ajuda a impulsionar as melhorias de negócio e a inovação. Como resultado, novas oportunidades de trabalho surgem para a força de trabalho existente.
  • Maior insight e controle de rede — A automação ajuda a tornar as operações de TI mais responsivas a mudanças por análise. Você ganha mais visibilidade na rede e entende exatamente o que está acontecendo nela, sendo capaz de controlar e se adaptar conforme necessário.

Implementação da Juniper

A Juniper oferece um portfólio de produtos e soluções de automação que fornecem automação de ponta a ponta em todos os domínios de rede. Oferecendo suporte a ambientes de vários fornecedores, essas soluções podem ser totalmente integradas, otimizadas e personalizadas no ambiente de negócios e operações exclusivos de cada operadora de rede. O Paragon Pathfinder e o Paragon Planner simplificam, otimizam e automatizam o provisionamento, gerenciamento e monitoramento do Roteamento por segmentos e de fluxos de IP/MPLS em grandes redes. O Paragon Active Assurance testando e monitorando ativamente redes físicas, híbridas e virtuais, permitindo que as operadoras de rede verifiquem se cada serviço provisionado funciona quando entregue e continua funcionando durante toda a sua vida útil. Para monitorar componentes de rede e entregar insights acionáveis, a Juniper oferece o Paragon Insights, que é uma ferramenta de coleta de dados e análise de rede altamente automatizada, aproveitando algoritmos de ML e o Junos Telemetry.O Anuta ATOM é uma plataforma de orquestração de rede que automatiza o projeto, desenvolvimento e implantação de redes, incluindo seus dispositivos, serviços e fluxos operacionais de trabalho. Ele oferece uma orquestração de serviço completa para redes físicas, virtuais e híbridas em todo o ciclo de vida do serviço. Detalhes adicionais sobre os produtos e soluções de automação da Juniper podem ser encontrados em nossa página do portfólio de automação.

Futuro da automação de rede

Olhando adiante, vemos que as redes do futuro serão capazes de realizar o seguinte:

  • Redes orientadas por IA e ML que podem aprender a intenção de comportamentos de rede, entregar análises preditivas e fornecer recomendações/correções.
  • Implementar a colocação e o movimento automático de serviços
  • Usar tecnologia de sondagem avançada para monitorar ativamente a garantia do serviço e ajustar os fluxos de tráfego com base em requisitos do serviço
  • Fornecer atualizações específicas com base em serviços configurados
  • Operar de maneira autônoma, com o monitoramento e a geração de relatórios ativos fornecidos a operadoras de rede para garantir que o desempenho e os comportamentos da rede permaneçam alinhados às metas de negócio

O caminho a seguir em direção a uma rede autônoma depende da telemetria, automação, aprendizado de máquina e programação com intenção declarativa. Essa rede futura é chamada de Self-Driving Network™, uma rede autônoma que é preditiva e adaptativa em relação ao seu ambiente.

Para ser efetiva, a automação deve se libertar dos silos tradicionais para abordar todos os elementos da infraestrutura de rede, equipes e sistemas de suporte de operações. A Juniper Networks oferece arquiteturas de rede simplificadas como componentes essenciais para operações gerais de TI simplificadas. Projetadas com uma estrutura flexível e baseada em padrões abertos, as ferramentas e estratégias da Juniper Networks ajudam as operadoras de rede, permitindo a automação em todo o ciclo de vida das operações — desde o provisionamento, o gerenciamento até a orquestração da rede.